Topico Lusofono

Mainländer

Songwritercel
Porque feminismo não beneficia ele
Sim, obviamente. Mas ainda assim me é estranho porque todas essas coisas fazem parte do pacote completo dos movimentos revolucionários esquerdistas e feminismo é o carro chefe hoje em dia.

Até entendo ele querer um progressismo incel out algo do tipo, no qual o movimento incel tomaria o lugar do feminismo e homens feios seriam a nova minoria oprimida a ser "reparada" e paparicada, mas a real é que com os nívels de ginocentrismo e aparencialismo do ser humano, isso não daria certo nunca. Religião é a única coisa capaz de conter o bocetismo das pessoas.
 

Billowel2

Paladin
Ainda falam que somos incel por causa da nossa personalidade .Mulher de serial killer procurado há nove dias em Goiás diz esperar que ele se entregue: 'Temos medo de receber a notícia de que ele morreu'

O bicho tem 32 anos, uma mulher novinha de 19 anos que engravidou dele com 17. A puta ainda tem medo de que a polícia mate ele.
eu ja sabia que esse filho da puta tinha mulher no momento que a minha mae disse que havia um serial killer la no brasil a solta.e quando vi a cara dele?kek.nem e' preciso dizer nada.Esta vida e' um inferno.e' quase inacreditavel que nem me posso ir de corda para o outro lado.Esta vida e' um inferno do caralho.puta que pariiu REEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
 

Mainländer

Songwritercel
Ainda falam que somos incel por causa da nossa personalidade .Mulher de serial killer procurado há nove dias em Goiás diz esperar que ele se entregue: 'Temos medo de receber a notícia de que ele morreu'

O bicho tem 32 anos, uma mulher novinha de 19 anos que engravidou dele com 17. A puta ainda tem medo de que a polícia mate ele.
Ridículo mesmo. Até o manlet do Charles Manson tinha um fodendo HARÉM de mulheres que obedeciam ele.

Mulheres tem um fascínio por homens assim. Aí depois que dá alguma merda elas vêm com papo de "aiin fui manipulada teehee" :honk:
 

Billowel2

Paladin
Ridículo mesmo. Até o manlet do Charles Manson tinha um fodendo HARÉM de mulheres que obedeciam ele.

Mulheres tem um fascínio por homens assim. Aí depois que dá alguma merda elas vêm com papo de "aiin fui manipulada teehee" :honk:
a parte mais triste e' que essa puta do caralho(nem fodendo que ela nao sabia que ele era um filha da puta de primeira) vai abrir as pernas para outro filho da puta dark triad maxx com uma jawline maior que o caralho do ron jeremy sem pensar duas vezes.Eu odeio esta vida de merda REEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
 

FailedArtist

Die Alone
Comunidade BR na internet virou isso aí. Todo fórum se parece com o Facebook ou twitter.
me pergunto por que. communiades BR tao um saco hoje em dia.

O engraçado desses caras é que eles gostam de querer dar lição de moral. "Aí, tanta gente sem ter o que comer...." até parece que o sujeito que escreveu isso realmente importa com quem tá ferrado e não tem comida. É pura vontade de pagar de bom moço na internet.
por ai, se o maluco ligaçe ia tentar dar comida pos mendigos ou fazer alguma coisa ao invez de pagar de fodao em algum forum merda
 

Alighieri

The invisible man.
O estado das universidades públicas no Brasil.

“Feminagem” para a atriz negra curitibana, um dos maiores talentos do rádio, teatro e televisão do Paraná. O termo “feminagem” vem sendo difundido como uma adaptação feminina da palavra “homenagem”, adaptado para expressar respeito e admiração às mulheres. A Mostra de Teatro Negro de Curitiba, reuniu em setembro de 2021 diversos pensadores e fazedores culturais negros para a apresentação de espetáculos, mesas redondas (Giras) e agora integra também o #NegritudeUFPR2021.


09/11 (terça-feira) – 10h – Mesa redonda | Suicídio e saúde mental da população preta LGBTI+: desafios e vivências afetivas
A mesa contará com os psicólogos Paulo Vitor P. Navasconi e Julia Romano, com mediação de Victor Hugo Brandão Meireles (doutorando em Psicologia pela UFPR). O bate papo fará a relação de como a Psicologia pode contribuir para a discussão sobre saúde mental, suicídio e para a construção de afetos para população preta LGBTI+. Além disso a mesa discutirá também os desafios no enfrentamento contra o racismo e a lgbtifobia.
Realização: Centro de Assessoria e Pesquisa em Psicologia e Educação (CEAPPE) da UFPR
Transmissão: Youtube

Universidade é lixo, cara. É só merda. Só serve pra formar sojado e SJW. Não é à toa que o Brasil tem tanta carência de profissionais qualificados. O lugar que deveria formar profissionais está mais preocupado com ideologia esquerdista do que com a formação dos alunos.
 

FailedArtist

Die Alone
O estado das universidades públicas no Brasil.

“Feminagem” para a atriz negra curitibana, um dos maiores talentos do rádio, teatro e televisão do Paraná. O termo “feminagem” vem sendo difundido como uma adaptação feminina da palavra “homenagem”, adaptado para expressar respeito e admiração às mulheres. A Mostra de Teatro Negro de Curitiba, reuniu em setembro de 2021 diversos pensadores e fazedores culturais negros para a apresentação de espetáculos, mesas redondas (Giras) e agora integra também o #NegritudeUFPR2021.


09/11 (terça-feira) – 10h – Mesa redonda | Suicídio e saúde mental da população preta LGBTI+: desafios e vivências afetivas
A mesa contará com os psicólogos Paulo Vitor P. Navasconi e Julia Romano, com mediação de Victor Hugo Brandão Meireles (doutorando em Psicologia pela UFPR). O bate papo fará a relação de como a Psicologia pode contribuir para a discussão sobre saúde mental, suicídio e para a construção de afetos para população preta LGBTI+. Além disso a mesa discutirá também os desafios no enfrentamento contra o racismo e a lgbtifobia.
Realização: Centro de Assessoria e Pesquisa em Psicologia e Educação (CEAPPE) da UFPR
Transmissão: Youtube

Universidade é lixo, cara. É só merda. Só serve pra formar sojado e SJW. Não é à toa que o Brasil tem tanta carência de profissionais qualificados. O lugar que deveria formar profissionais está mais preocupado com ideologia esquerdista do que com a formação dos alunos.
bem to em faculdade privada, metade dos maluco la sao bolsonarista, pena que tem que se endividar ate a bunda para ir em uma.
 

FailedArtist

Die Alone
O estado das universidades públicas no Brasil.

“Feminagem” para a atriz negra curitibana, um dos maiores talentos do rádio, teatro e televisão do Paraná. O termo “feminagem” vem sendo difundido como uma adaptação feminina da palavra “homenagem”, adaptado para expressar respeito e admiração às mulheres. A Mostra de Teatro Negro de Curitiba, reuniu em setembro de 2021 diversos pensadores e fazedores culturais negros para a apresentação de espetáculos, mesas redondas (Giras) e agora integra também o #NegritudeUFPR2021.


09/11 (terça-feira) – 10h – Mesa redonda | Suicídio e saúde mental da população preta LGBTI+: desafios e vivências afetivas
A mesa contará com os psicólogos Paulo Vitor P. Navasconi e Julia Romano, com mediação de Victor Hugo Brandão Meireles (doutorando em Psicologia pela UFPR). O bate papo fará a relação de como a Psicologia pode contribuir para a discussão sobre saúde mental, suicídio e para a construção de afetos para população preta LGBTI+. Além disso a mesa discutirá também os desafios no enfrentamento contra o racismo e a lgbtifobia.
Realização: Centro de Assessoria e Pesquisa em Psicologia e Educação (CEAPPE) da UFPR
Transmissão: Youtube

Universidade é lixo, cara. É só merda. Só serve pra formar sojado e SJW. Não é à toa que o Brasil tem tanta carência de profissionais qualificados. O lugar que deveria formar profissionais está mais preocupado com ideologia esquerdista do que com a formação dos alunos.
esquerdista adora pegar trabalho no governo, dai qualquer coisa relacionada ao serviço publico como faculdade publica vira palco de esquerdista.
 
Top